domingo, 13 de setembro de 2009

Fiz! E agora?

Durante essa semana que passou estava com um dilema: fazer ou não fazer?

Fazer o que?

Simples, o vestibular da Faculdade de Artes do Paraná.
O processo seletivo tem duas fases. A primeira prova de conhecimentos gerais, com portugês, redação, história, história da dança, e coisas afins.

A segunda fase é a prova de habilidades específicas, e é aí que o bicho pega.



Bem, conversei com algumas pessoas e fiz a inscrição. Será a primeira audição da minha vida, no edital diz que será como uma aula de ballet clássico e outra aula de contemporâneo. O maior problema é que eu não sei o que esperar. Eu sei que no clássico eu tenho uma boa base, mas e no contemporâneo?

Algumas pessoas não dão importância a essa modalidade na prova porque baseia-se na improvisação, mas esquecem que é uma técnica diferente apesar de toda a estrutura vinda do clássico. Eu preciso ter essa consciência e fazer aulas.

Segundo ponto, já esperava ouvir que isso não dá dinheiro. E sim eu ouvi isso, mas em contrapartida ouvi também que tinha que fazer aquilo pra que eu tenho vocação. E sabe pessoas que eu não imaginava me apoiaram nessa decisão. Eu sei que realmente financeiramente não vai me dar a estabilidade que o direito me promete, mas eu não pretendo abandonar o direito. Porém, também não pretendo encarar a dança como hobby se estou me preparando para fazer um curso superior na área por que deveria ser um hobby?

Enfim, mesmo depois de tudo isso eu fico me perguntando e agora? Como vou fazer? E se eu não passar? Será que vou poder tentar ano que vem?

9 comentários:

  1. Olá Ana,
    tbem sou de Curitiba e comecei a fazer Ballet faz pouco tempo. Em qual escola vc faz?

    ResponderExcluir
  2. Oi Pâmela,
    eu faço aula no Vila Arte, fica próximo a Catedral.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. "A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos. "Charles Chaplin"

    Não se martirize com tantas duvidas, és corajosa. O sucesso vem através de muita dedicação. E dedicação só nasce nos corações de quem ama o que faz.

    Beijos. Vai dar tudo certo.

    ResponderExcluir
  4. É só você meruglhar de cabeça, se esforçar e dedicar tudo para o que você quer.
    Devia ser assim com qualquer coisa, afinal.

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana, eu achei o teu blog lá no Escrevendo com os pés. Eu também comecei no Vila.

    Eu recomendo você fazer algumas aulas de contemporâneo, pra não chegar lá completamente sem noção. Nem que seja só pra se sentir mais segura. Se não puder ser no Vila (que tem professoras ótimas), você pode tentar freqüentar algumas aulas do grupo da FAP, que é aberto à comunidade.

    No mais, boa sorte!

    ResponderExcluir
  6. Nossa! Nem sabia que a FAP tionha um grupo aberto a comunidade rs...
    Eu vou ter que me virar em 10 pra conseguir, mas vou tentar né?
    O que eu posso fazer se isso é mais forte do que eu??? rs

    Beijos e obrigada pela dica

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Opa, escrevendo novamente: dou a maior força para qualquer tipo de Arte! Feche os ouvidos pros preconceituosos, com idéias antigas. Com determinação e vontade, você chega lá. Já é até clichê ouvir isso! Mas é verdade! Arte é uma delícia. A gente devia se sentir agradecido por nascer voltado pra ela.

    ResponderExcluir
  9. Gostaria muito de ter a sua coragem!!!!

    Vai fundo, e sobre o dinheiro, que tal vc ter o direito como hobbie e a dança como profissão?
    talvez dê certo!

    E Ah! Eu te apoio!

    Beijos!

    ResponderExcluir

Dance